Presidente da AEAS participa de reunião do Colégio de Entidades Regionais

September 3, 2019

Na ocasião foi lançada primeira ação de comunicação em massa do Crea-SP no Instagram; evento reuniu cerca de 200 representantes de entidades de classe de todo Estado.

 

Eng. José Carlos Teixeira (presidente da AEA de Santa Bárbara d'Oeste), eng. José António Picelli Gonçalves (presidente da AEAS) e o presidente da AEA de Valinhos, eng. Hélio Bortoletto Junior

 

eng. João Serra (tesoureiro da AEA de Hortolândia, , eng. José António Picelli Gonçalves (presidente da AEAS) e eng. Hélio Bortoletto Junior, presidente da AEA de Valinhos

 

Eng. João Serra (tesoureiro da AEA de Hortolândia), eng. José Carlos Teixeira (presidente da AEA de Santa Bárbara d'Oeste), prefeito de São Pedro, Helio Donizetti Zanatta, eng. Vinicius Marchese Marinelli (presidente do CREA-SP), eng. José António Picelli Gonçalves (presidente da AEAS), eng. José Ariovaldo Dos Santos (Artur Nogueira) e eng. Leonardo C. Campos (Nova Odessa).

 

O Crea-SP (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) do Estado de São Paulo realizou no último final de semana em São Pedro a reunião extraordinária do CDER-SP (Colégio de Entidades Regionais). O evento, que reuniu cerca de 200 representantes de entidades de classe e instituições do Estado, foi mais uma ação de aproximação dos profissionais com a administração pública com o intuito de melhorar o convívio em sociedade. Além disso, os participantes puderam debater a exigência da ART de projeto e execução das prefeituras municipais no protocolo do projeto.

 

Presidente da AEAS (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Sumaré), o engenheiro civil José António Picelli Gonçalves participou do evento em São Pedro. “Foi mais uma oportunidade de discutirmos o papel do profissional na sociedade e como podemos dar nossa contribuição para melhorar a convivência dos cidadãos”, disse.

 

“O associativismo é uma organização civil que se propõe a desenvolver um trabalho para um grupo de pessoas. Meu maior orgulho hoje como presidente do Crea-SP é justamente conhecer profissionais como vocês são, as iniciativas que vocês têm, a disposição mostrada a cada vez que o Conselho precisa de vocês”, disse o presidente do Crea-SP, engenheiro Vinicius Marchese Marinelli.

 

Segundo ele, a entidade tem buscado levar ao poder público as iniciativas realizadas. “Nunca nos aproximamos tanto da administração pública como agora, porque entendemos que não há a mínima possibilidade de uma administração ser bem-sucedida sem a presença da área tecnológica”, resumiu.

 

                                                             MAIS EXPERIÊNCIAS

 

Durante o evento, como forma de compensação para a emissão de carbono decorrente da realização da reunião, o Crea-SP fez a entrega simbólica ao prefeito de São Pedro, Helio Donizetti Zanatta, de 300 mudas de árvores que serão doadas à municipalidade, bem como de uma placa de homenagem pelo feito.

 

Os profissionais também foram informados sobre as boas experiências do CDER-SP nas redes sociais, com ênfase no Instagram, com o lançamento da primeira ação de comunicação em massa do Conselho.

Além disso, a superintendente de Fiscalização, engenheira Maria Edith dos Santos, fez uma apresentação do trabalho desenvolvido pela equipe da Supfis, com ênfase nas ações especiais que o Crea-SP vem fazendo para acompanhar as atividades técnicas que envolvam a responsabilidade de empresas e profissionais registrados.

 

Na sequência, o coordenador do CDER-SP abordou assuntos como as inscrições para o Crea Jovem por meio das entidades de classe, bem como o atendimento aos convocados para a 76ª SOEA.

O evento contou ainda com apresentação do livro de arte em celebração aos 85 anos do Crea-SP por José Eduardo, representante da Editora SOMA.

 

No domingo, os participantes debateram a exigência da ART de projeto e execução das prefeituras municipais no protocolo do projeto, com orientações do Crea-SP sobre esta exigência, posição das entidades e o desenvolvimento de ação conjunto Crea/CDER/Entidades e prefeituras. O debate foi conduzido pelo coordenador-adjunto do CDER-SP e pelo Gerente Regional Eng. Kledson Turra.

 

O evento contou ainda com apresentação da palestra “Coaching na Engenharia”, pelo mentor coach engenheiro Ronaldo Patriota, ex-presidente do Crea-AL.  “Qual é a essência da engenharia? Resolver problemas. Então, vocês engenheiros são coachs: identificam problemas, formulam perguntas e encontram respostas”, provocou Patriota, que ressaltou que “só o conhecimento técnico não o torna um engenheiro de sucesso; precisa acompanhar a evolução tecnológica”.

 

O engenheiro destacou ainda a crescente insatisfação das pessoas com as suas situações atuais de vida, bem como o expressivo número de engenheiros atuando em outros setores da economia. “Muitas pessoas revelam que não fizeram escolhas, não planejaram nada”, criticou.

 

O encerramento foi feito pela coordenação do CDER-SP junto com o coordenador do colegiado no Paraná, Engenheiro Danilo Giampietro Serrano.

 

Fotos: Divulgação

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Em Destaque

Presidente da AEAS participa de reunião do Colégio de Entidades Regionais

October 15, 2019

1/4
Please reload

Posts Recentes

December 6, 2019

Please reload

Arquivo