Palestra na AEAS dará orientações sobre como participar de licitações públicas

Evento gratuito acontece no dia 03 na sede da instituição, no Jardim Planalto, em Sumaré; iniciativa, que tem vagas limitadas, é apoiada pelo Crea-SP Você sabe quais pré-requisitos que sua empresa precisa ter para participar de um processo de licitação pública? Quais documentos necessários, como se inscrever ou até mesmo se você pode se candidatar em um processo? Essas são algumas das dúvidas que serão esclarecidas na palestra “Licitação: Informações básicas para que sua empresa comece a participar do mercado de licitações públicas”, que acontecerá no dia 03, às 19h, na sede da AEAS (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Sumaré). As vagas são limitadas. O tema será abordado por Kátia Ga

Ford apoia o desenvolvimento de tinta reprogramável que pode mudar de cor

Em um futuro próximo, as pessoas poderão mudar a cor do carro e das roupas sempre que desejarem. Este é o objetivo de um projeto apoiado pela Ford, que está sendo desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts, MIT, através do seu Laboratório de Ciência da Computação e Inteligência Artificial. A chamada tinta reprogramável permite que os objetos mudem de cor quando são expostos a uma luz especial com diferentes comprimentos de onda. Chamada de PhotoChromeleon, a tinta é reversível e cada processo de personalização pode levar de 15 a 40 minutos, dependendo do tamanho do objeto. Para mudar de cor, a peça é colocada em uma caixa e exposta à luz de um projetor especial que elimina os

Mares fervendo com metano em escala “nunca antes visto”, relatado na Sibéria

Uma expedição ao Mar da Sibéria Oriental relatou dois exemplos do que os cientistas temiam há muito tempo – fontes de metano borbulhando na superfície enquanto o material congelado no fundo do oceano derrete após um verão quente. Até o momento, as áreas afetadas são muito pequenas para causar muito impacto global, mas podem ser o prenúncio de coisas piores por vir. O metano é um gás de aquecimento global ainda mais potente que o dióxido de carbono – seu impacto é 80 vezes maior que o CO2 em 20 anos e 34 vezes maior em um século. Vastas quantidades dele estão presos no Ártico, tanto abaixo dos oceanos quanto no permafrost da Sibéria. À medida que a atividade humana aquece o mundo, algumas ser

Ponte de concreto impressa em 3D leva a indústria da construção civil a um novo patamar

A impressão 3D mudará a maneira como faremos tudo no futuro, desde estações espaciais até o desenvolvimento de órgãos humanos. Agora, podemos adicionar edifícios à lista graças à Vertico, empresa de impressão 3D com sede na Holanda, em conjunto com a Universidade de Ghent. A universidade e a empresa se uniram para imprimir uma ponte de concreto a partir de uma impressora 3D. A nova técnica constrói estruturas de concreto depositando uma mistura de concreto especialmente projetada camada por camada. De acordo com a Vertico, esse processo elimina a necessidade de moldes caros e, mais importante, oferece mais liberdade de forma às estruturas. “Esta ponte mostra o leque de possibilidades que a i

Palestra sobre ‘Machine Learning’ reúne cerca de 110 pessoas em Sumaré

Iniciativa da AEAS com apoio do CREA-SP, evento aconteceu na segunda-feira na Faculdade Anhanguera Cerca de 110 pessoas participaram na última segunda-feira, dia 18, da palestra “Tecnologia Machine Learning e as Máquinas do Futuro” que foi ministrada pela engenheira de Controle e Automação Joice Ariane Marin na Faculdade Anhanguera, em Sumaré. O evento fez parte das ações de capacitação e networking desenvolvidas pela AEAS (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Sumaré) com apoio do CREA-SP (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo). “Buscamos em nossas ações capacitar os profissionais formados, mas também levar conhecimento aos estudantes e à sociedade civil. P

Ilhas Canárias podem ter sua demanda por energia supridas por Energia Eólica OffShore

Pequenas ilhas, como as Ilhas Canárias, não possuem espaço suficiente para uma usina de geração de energia onshore. Por isto, uma alternativa para gerar energia para estas ilhas, sem ocupar espaço e sem interferir com o turismo local é investir em instalações offshore. Um estudo elaborado pela Universidade de Las Palmas (ULPGC), e publicado pela Energy Magazine, chegou a seguinte conclusão: Se 12% do oceano ocupado pelas Ilhas Canárias for ocupado por Parques Eólicos offshore; A superfície das ilhas canárias podem gerar até 22 horas de energia consumida pelo território. RENOVÁVEL As ilhas canárias tem como objetivo fazer com que pelo menos 45% de sua energia gerada seja renovável até 2025. A

Empresa canadense cria incrível escudo de invisibilidade

Do limite da invisibilidade de Athena a H.G. Wells e Harry Potter, a noção de tornar-se invisível sempre agradou a fantasia humana. Incrivelmente, os avanços tecnológicos nos últimos anos trouxeram essas fantasias para o mundo real. A mais recente tecnologia invisível, chamada Quantum Stealth, foi desenvolvida pela Hyperstealth, uma empresa canadense de design de camuflagem. O material é fino como papel, barato e não requer fonte de energia. Embora não funcione tão bem quanto uma capa mágica, faz um bom trabalho de ocultação e é certamente confuso de se ver. O material utiliza uma abordagem com a qual você já deve estar familiarizado: lentes lenticulares. Se você viu uma dessas imagens que a

Casas de repouso podem implementar atividades de realidade virtual com idosos

A gente costuma, de imediato, associar realidade virtual (VR) a jogos mais realistas. Mas há possibilidades de aplicações médicas e sociais. Exemplo disso é o uso de VR em casas de repouso de idosos, onde é comum o desenvolvimento de quadros depressivos vinculados à sensação de isolamento e experiências pouco instigantes. Com o intuito de superar isso, surgiu a ideia de empregar atividades com VR em casas de repouso e, com o perdão do trocadilho, o efeito pode ser surreal. O uso de ferramentas associadas à realidade virtual permitem que a gente visite uma série de lugares impensáveis e também tenha toda uma experiência durante esse acesso. No caso de idosos, afastados de suas antigas casas,

‘Machine Learning’ é tema de palestra na AEAS

Evento acontece no dia 18 na Faculdade Anhanguera, em Sumaré; iniciativa tem apoio do Crea-SP “Tecnologia Machine Learning e as Máquinas do Futuro” é o tema do evento que a AEAS (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Sumaré) realizará no dia 18 de novembro, às 19h, na Faculdade Anhanguera. A palestra, que será ministrada pela engenheira de Controle e Automação, Joice Ariane Marin, faz parte das ações de capacitação que estão sendo promovidas pela entidade sumareense. “Temos realizado uma série de eventos voltados ao networking e capacitação tanto de nossos associados quanto de estudantes de engenharia de faculdades de Sumaré”, explicou o presidente da AEAS, engenheiro civil José António

30 das cidades mais influentes do mundo atingiram o pico de emissões de gases poluentes

Se queremos limitar a temperatura crescente do nosso planeta, as emissões globais de gases do efeito estufa precisam ser reduzidas. Um novo relatório da C40 Cities, uma rede que conecta 97 cidades globais para atuar sobre as mudanças climáticas, afirmou que as mudanças na indústria da construção podem reduzir as emissões em 44% até 2050. Copenhague, Oslo e Estocolmo já concordaram em reduzir as emissões de gases do efeito estufa de seus canteiros de obras. De 9 a 12 de outubro, a C40 World Mayors Summit reuniu mais de 70 prefeitos de todo o mundo para discutir soluções climáticas. Quem já está liderando o caminho? Se quisermos limitar a elevação da temperatura da Terra em apenas 1,5 graus Ce

Engenheiros testam ponte projetada por Leonardo da Vinci há mais de 500 anos

Engenheiro, arquiteto, cientista, matemático, inventor, escultor, anatomista, botânico, poeta, músico e pintor, Leonardo da Vinci era o verdadeiro “faz tudo” da sua época, só que com muito requinte. Ele também recebia demandas de várias partes do mundo solicitando projetos. Uma delas foi em 1502, quando ele recebeu um pedido do Sultão Bayezid II para um projeto de ponte que ligaria Istambul a Galata, mas ela nunca foi construída. Visando ver se o projeto funcionaria, alguns engenheiros do MIT reproduziram a ponte e a colocaram a prova. O primeiro passo dos cientistas foi esmiuçar o esboço pertencente à carta enviada ao sultão e os documentos disponíveis sobre a época e as condições geológica

Canadá inaugura sua primeira piscina pública sem produtos químicos

Os arquitetos de Toronto acabaram de apresentar uma impressionante piscina natural sem produtos químicos na cidade de Edmonton, Alberta. A Piscina Natural do Parque Borden, que substituiu uma piscina existente desde a década de 1950, foi incorporada a vários processos de filtragem natural inovadores que usam uma combinação de filtros de pedra, cascalho, areia e botânica para manter as águas límpidas. O projeto foi um empreendimento enorme desde o início. A piscina e a infraestrutura antigas tiveram que ser completamente destruídas para dar espaço à nova piscina completamente livre de produtos químicos. O imenso complexo de 6 mil metros quadrados é composto por pavilhão sazonal e área de pisc

Árvore dos ventos: A tecnologia em micro geração eólica para centros urbanos

Cada vez mais tem se falado sobre micro geração de energia eólica, uma das soluções para os grandes centros urbanos foi a árvore dos ventos desenvolvida pela empresa francesa New Word Wind. Esta solução é ideal para centros urbanos, porque estamos falando de geração de energia sem barulho, e que pode ter sua energia gerada com pouco vento. Outro fator que faz a árvore dos ventos ser bem aceita pelo público, é o aspecto visual! Porque, um dos problemas que nos temos na geração de energia eólica tradicional é o fator design. Muitos parques eólicos não são bem aceitos pelo público, principalmente em locais perto da costa. COMO FUNCIONA? Bem, estamos falando de uma árvore artificial, em que cada

Crea-SP fiscaliza comércio eletrônico de serviços de engenharia

Uma equipe de agentes fiscais da Unidade do Crea-SP em Barueri, acompanhada pelo chefe da UGI, Engenheiro Felipe Xavier, realizou uma diligência à sede da matriz brasileira da companhia de soluções de comércio eletrônico Mercado Livre, localizada na cidade de Osasco. A visita foi motivada pela identificação de uma série de anúncios naquela plataforma de vendas oferecendo serviços de engenharia, incluindo o fornecimento de Anotações de Responsabilidade Técnica – ARTs, o que preocupou o Conselho no tocante à irregularidade das ofertas, a garantia da qualidade dos serviços ali apresentados e, principalmente, a segurança dos usuários. Na ocasião, a equipe foi recebida pelo Diretor Sênior Jurídic

Posts Em Destaque
Serviços de impressão

Plotagem

Cópia: Color e P/B

Encadernação (Em breve)

Plastificação (Em breve)

Posts Recentes
Siga
  • Facebook Basic Square

​SIGA-ME

  • Facebook Classic

Development Casapapel Marketing Digital - 2017

Mutua link.png