AEAS participa de abertura de força-tarefa junto ao CREA-SP


O CREA-SP (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo) iniciou no dia 18 de outubro uma força-tarefa de fiscalização de exercício profissional. Uma solenidade de abertura da ação foi realizada na Prefeitura de Sumaré e contou com a participação da AEAS (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Sumaré).

A iniciativa, que deve ser encerrada na sexta-feira (22), fiscalizará empresas sem registro no Crea e sem responsáveis técnicos, obras em loteamentos residenciais, edifícios em construção, galpões e loteamentos industriais, além de denúncias e bairros em implantação.

Em Sumaré, a solenidade de abertura da força-tarefa contou com participação do presidente da entidade sumareense, engenheiro civil José António Picelli Gonçalves, do superintendente da Consimares e diretor da AEAS, engenheiro agrônomo Valdemir Aparecido Ravagnani - o Mimo, do deputado estadual Dirceu Dalben, do presidente do CREA-SP, engenheiro Vinicius Marchese, do prefeito de Sumaré, Luís Alfredo Dalben, do gerente regional do CREA-SP, engenheiro Valdir Zarpelon, além de outros representantes de entidades da região.

Além de Sumaré, as ações serão realizadas nas cidades de Nova Odessa, Hortolândia, Americana, Santa Bárbara d'Oeste e Monte Mor.

“Essa foi mais uma importante ação do CREA-SP e que contou com apoio da AEAS. É muito importante termos profissionais especializados e credenciados à frente das obras. Eles são fundamentais para dar todo suporte necessário em todas as etapas”, disse Picelli.

Segundo o presidente do CREA-SP, a maioria das irregularidades encontradas pelo conselho é sobre falta de profissional habilitado. “É aí o ponto de atenção nosso, porque existem vidas de pessoas que estão envolvidas nas atividades, que não podem não ter responsável técnico”, disse.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square