Propostas para Congresso Nacional de Profissionais são definidas

August 6, 2019

 

Presidente da AEAS e inspetores da CAF de Sumaré participaram do evento, que aconteceu no último final de semana em Olímpia e reuniu cerca de 3 mil profissionais

 

“Um evento que veio para fortalecer ainda mais os profissionais da engenharia que se preocupam em ter soluções imediatas para problemas existentes no dia a dia e também com a qualidade dos profissionais aptos a exercerem as suas profissões com dignidade e dedicação." Dessa maneira o presidente da AEAS (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Sumaré), engenheiro civil José António Picelli Gonçalves resumiu o megaevento realizado pelo CREA-SP (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo) no último final de semana em Olímpia (SP). Na ocasião, foram definidas as propostas a serem apresentadas no Congresso Nacional, que acontece em setembro em Palmas (TO).

Durante três dias o CREA-SP reuniu cerca de 3 mil profissionais de todo o Estado para o 18ª Seminário Estadual de Fiscalização, o 10º Congresso Estadual de Profissionais e a reunião anual do Colégio Estadual de Inspetores. A entidade sumareense esteve representada por seu presidente, que foi acompanhado de um grupo de inspetores da CAF (Comissão Auxiliar de Fiscalização).

 

“É sempre muito produtivo quando conseguimos reunir profissionais preocupados com o futuro da profissão e com a qualidade dos serviços prestados à sociedade”, afirmou Picelli. Segundo ele, as metas aprovadas para serem debatidas no Congresso Nacional são fundamentais para aprimorar ainda mais os caminhos da engenharia e agronomia. “Vamos agora esperar para ver quais diretrizes serão aprovadas no evento nacional, ocasião em que serão apresentadas as metas do Crea paulista e também de outros estados”, explicou.

 

                                                                     O EVENTO

 

O megaevento do Crea-SP contou com a participação de diversas autoridades, entre elas o governador em exercício, Rodrigo Garcia, o secretário de infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo, eng. Marcos Penido, o presidente do Confea, eng. Joel Krüger, entre outros.

 

O Congresso Estadual é realizado a cada três anos com o objetivo de discutir e propor políticas, estratégias, diretrizes e programas de atuação para os profissionais registrados no Sistema Confea/Crea.

Além da votação - pela primeira vez por meio eletrônico - das propostas apresentadas nos seis congressos regionais com base em eixos temáticos como Inovações Tecnológicas, Recursos Naturais, Infraestrutura, Atuação dos Profissionais e das Empresas de Engenharia, os participantes definiram uma delegação com 44 profissionais (22 com mandato e 22 sem) que participarão da etapa nacional em Palmas.

 

Com o tema “Estratégias da Engenharia e da Agronomia para o Desenvolvimento Nacional”, o Congresso Nacional é um fórum organizado pelo Confea, apoiado pelos Creas e pelas entidades nacionais, que visa à participação dos profissionais das áreas abrangidas pelo Sistema no desenvolvimento nacional e propiciar maior integração com a sociedade e entidades governamentais.

 

Durante o evento em Olímpia foi apresentado pelo presidente do Crea-SP, engenheiro Vinicius Marchese Marinelli, o Relatório de Gestão 2019. "Estamos apresentando esses resultados aos senhores e senhoras basicamente por dois motivos: porque devemos esse tipo de prestação de contas a todos e porque os nossos profissionais são formadores de opinião e apoiadores desta nova cultura no Crea-SP", disse.

 

Já no 18º Seminário Estadual de Fiscalização foi feito o planejamento de estratégias de fiscalização para os próximos anos. “Fiscalizar 645 municípios é um desafio cotidiano em defesa da sociedade. Somos responsáveis, sim, pela segurança de 44 milhões de habitantes do Estado. Daí a necessidade de zelarmos pela habilitação e pela ética dos nossos profissionais”, disse o presidente do Crea-SP.

 

Ele defendeu a utilização de recursos pela via da gestão responsável e fez a autocrítica do Sistema: “Precisamos atualizar nossos procedimentos internos e quem se beneficia dessa modernização é a sociedade. Nosso principal compromisso é o de mudar o Crea-SP para melhor. Esta é a minha palavra, a única coisa que tenho para oferecer”.

 

Durante a reunião do Colégio Estadual de Inspetores foi apresentado o resultado final de todas as ações de fiscalização regionais realizadas pelas equipes de força-tarefa do Conselho ao longo do primeiro semestre, em cerca de 600 municípios paulistas. De acordo com o relatório, foram fiscalizados mais de 310 mil profissionais e cerca de 60 mil empresas da área tecnológica.

 

Vale destacar que o Colégio Estadual é um fórum permanente composto pelos inspetores e pelo presidente do Crea-SP para auxiliar, discutir e propor diretrizes para a fiscalização do Conselho e tem, entre seus objetivos, promover a valorização dos profissionais do Sistema Confea/Crea como agentes transformadores no desenvolvimento sustentável dos municípios.

 

Ao final do megaevento do Crea-SP, os profissionais assistiram à palestra “A Ética e a Tecnologia na Engenharia” ministrada peloensaísta, escritor e filósofo Luiz Felipe Pondé.

 

Foto: Divulgação

Legenda: Eng. Marco (inspetor da AEAS), eng. Vinicius (presidente do Crea-SP), eng. Picelli (presidente da AEAS) e eng. André (inspetor da AEAS) durante evento em Olímpia

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Em Destaque

Presidente da AEAS participa de reunião do Colégio de Entidades Regionais

October 15, 2019

1/4
Please reload

Posts Recentes

December 6, 2019

Please reload

Arquivo