Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

June 28, 2019

 

Pouco sobrou em pé do que foi Roma, há milhares de anos, quando era a cidade mais poderosa do mundo. Mas o arqueólogo italiano Italo Gismondi conseguiu colocar de pé, com muita precisão, a paisagem antiga da Roma no século 4 d.C., na época de Constantino I, quando a cidade atingiu seu maior tamanho.

 

Foram 36 anos de trabalho minucioso. Ou seja, três vezes mais do que o Coliseu demorou para ser construído. Foi encomendada em 1933 por Mussolini para comemorar o nascimento de Augusto (63 a.C.). Usando um mapa feito por Rodolfo Lanciani, de 1901, Gismondi foi capaz de completar o núcleo principal em 1950. As outras partes foram sendo construídas depois, até a maquete ser finalizada em 1971. E hoje é conhecida como uma das referências mais importantes da Roma Antiga.

 

A maquete está em exposição no Museu da Civilização Romana, na capital italiana, e é conhecida como o Plastico di Roma Imperiale. Feita em gesso, está em uma escala de 1: 250 e tem pouco mais de 16 metros de comprimento. Foi usada por Ridley Scott para filmar algumas cenas do filme O Gladiador.

 

 

Site: https://www.revistaplaneta.com.br/arqueologo-leva-36-anos-para-montar-maquete-precisa-da-roma-antiga/

 Foto: Divulgação

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Em Destaque

Presidente da AEAS participa de reunião do Colégio de Entidades Regionais

October 15, 2019

1/4
Please reload

Posts Recentes

December 6, 2019

Please reload

Arquivo